Metamorfose digital: o e-mail marketing

O e-mail marketing já foi e, infelizmente, continua sendo visto com maus olhos por muitos. Na verdade, a época digital na qual a ferramenta realmente não era reconhecida pelas empresas e agências de comunicação, era outra. Smartphones não eram utilizados pelos usuários de Internet, a interatividade na rede não era a mesma de hoje em dia e encher a caixa de entrada do e-mail com publicidade funcionava mais como uma forma de afastar potenciais clientes. Muitos e-mais, inclusive, acabavam caindo na caixa de spam. Por isso, a tática não era muito considerada como uma forma eficiente de divulgação de produtos e serviços e raramente fazia parte do plano de marketing de uma organização.

Entretanto, os tempos mudaram. Hoje, estamos conectados o dia inteiro. A utilização do smartphone e a evolução da web facilitaram a leitura de e-mails, que é feita a qualquer hora do dia, de forma rápida e prática. Muitas empresas encontraram nisso uma brecha: o planejamento do e-mail marketing como parte de sua comunicação. Promoções, notícias, entre os mais variados assuntos relevantes sobre a marca estão agora na palma da mão do consumidor. Usuários que optam pelo recebimento de mensagens previamente, os chamados “opt-ins”, ficam a par da atividade da marca e, muitas vezes, recebem vantagens como descontos e promoções relâmpago.

Essa aproximação é muito abrangente e oferece benefícios tanto para o consumidor, quanto para a sua empresa! Entenda um pouco mais sobre isso com dois tópicos principais, os quais demonstram porque o e-mail marketing tem a sua importância.


Lead nurturing: crie um relacionamento com seu cliente


O planejamento de e-mail marketing deve considerar vários aspectos: não apenas o conteúdo da mensagem, mas principalmente, para quem elas serão entregues. Os consumidores que optarem pelo recebimento de e-mails em sua caixa de entrada podem ter interesses diversos quanto à marca e isso é essencial no momento de determinar o tipo de comunicação que será feita. Isso porque, esses usuários, serão leads. E e-mails bem direcionados, com conteúdo selecionado e boa interatividade podem proporcionar uma espécie de relacionamento entre o lead e a marca. Esse relacionamento, “cultivado” através da ferramenta, é o chamado lead nurturing.

O lead nurturing é um diferencial do e-mail marketing, pois adaptado às condições atuais do mercado, é uma ótima forma de “fidelizar” clientes e mantê-los inteirados. Até porque ele se beneficia de algo essencial: o e-mail marketing é uma publicidade que o consumidor escolhe receber. Então, se ela for bem planejada, ele continuará tendo uma rotina onde estará lendo sempre as mensagens. Caso contrário, ele poderá optar por não recebê-las mais. Aproxime-se das pessoas!



Informação otimizada em uma rotina apertada


Otimizar é a palavra chave! Isso se aplica tanto ao layout da mensagem, quanto ao seu texto e também à navegação para links externos. Por ser um método bastante eficaz ao atingir usuários de smartphones, o material deve ser planejado de acordo com esse tipo de dispositivo. Ou seja: textos sucintos, chamativos e bem posicionados fazem toda a diferença. O uso de imagens grandes é essencial, pois ele instiga a interatividade com botões de ação existentes.

Todas essas características são adaptáveis a consumidores que precisam de praticidade, devido à falta de tempo em seus dias. Por isso, a informação transmitida através do e-mail marketing está a frente em relação a outros tipos de mídia. Isso porque sua acessibilidade permite que a mensagem seja lida pelo receptor com muita frequência!